Rádio Cidade Mais HD

Cantor Eduardo Araújo da Jovem Guarda é alvo da Polícia Federal em SP

O cantor Eduardo Araújo, da Jovem Guarda, foi alvo de mandados de busca e apreensão nesta sexta-feira (20) expedidos pelo Supremo Tribunal Federal (STF), em sua casa em Cotia, na Grande São Paulo. A ação investiga a incitação a atos violentos e ameaçadores contra a democracia divulgados pelas redes sociais.

O artista não havia sido localizado pela GloboNews e pelo G1 para comentar o assunto até a última atualização desta reportagem. Ele também não foi encontrado pelos agentes da Polícia Federal (PF) em sua casa em Cotia, Grande São Paulo. Por esse motivo, o mandado não foi cumprido, e não foram feitas buscas no imóvel.

Além de Eduardo Araújo, o cantor Sérgio Reis, também da Jovem Guarda, foi alvo de busca e apreensão pelo STF. Uma casa de Sérgio Reis, que fica em Mairiporã, na região metropolitana de São Paulo, foi vistoriada por agentes da PF. O artista deverá depor nesta tarde na sede da Polícia Federal, na capital paulista (saiba mais abaixo).

Ao todo, 13 mandados foram autorizados pelo ministro do STF Alexandre de Moraes e atendem a um pedido da subprocuradora Lindora Araújo, da Procuradoria-Geral da República (PGR). Houve buscas no gabinete do deputado federal Otoni de Paula (PSC-RJ) na Câmara dos Deputados, em Brasília.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×

 

Olá!

Clique em um de nossos contatos abaixo para conversar no WhatsApp

× Participe!