Rádio Cidade Mais HD

João Gomes choca com prejuízo após detonar Bolsonaro em show

O cantor João Gomes tem sido alvo de represálias após circular um vídeo nas redes sociais no qual ele aparece criticando o presidente Jair Bolsonaro. O artista, que é um dos principais nomes do piseiro no Brasil, chegou a ter um show cancelado. No vídeo em questão, que foi gravado durante o Rock in Rio na última semana, João aparece se divertindo com fãs e com o cantor Pedro Sampaio. Logo em seguida ele puxa o coro: “Ei, Bolsonaro, vai tomar no c*“.

Com a repercussão do vídeo, o Sindicato Rural da cidade de Imperatriz, no Maranhão, compartilhou um pronunciamento no qual afirma que não vai mais aceitar o show de João Gomes no Parque de Exposições, que estava marcado para acontecer no festival ‘PiZro’, no dia 29 de outubro.

“Fomos procurados para realizar o show do cantor João Gomes aqui dentro da nossa arena, do qual nós negamos, em virtude do comportamento dele de tratar mal a figura do nosso presidente Bolsonaro. Ele não é bem-vindo aqui dentro do Parque de Exposições, pois a nossa bandeira é verde e amarela“, afirma o grupo.

Diante das críticas que estava recebendo, João veio a público dois dias depois para fazer um pedido de desculpas. Segundo o cantor, ele foi irresponsável ao protestar contra o presidente. “Errei e desrespeitei alguns fãs… não apoio qualquer bandeira, mas fui irresponsável. Queria pedir desculpas por citar um nome que jamais poderia citar. Errei. E peço muitas desculpas. Peço desculpas… sou um eterno aprendiz”, disse o cantor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×

 

Olá!

Clique em um de nossos contatos abaixo para conversar no WhatsApp

× Participe!